Doutoramento em Informática - Novos Media e Sistemas Ubíquos (3.º Ciclo)

Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Descrição do Programa

Doutoramento em Informática - Novos Media e Sistemas Ubíquos (3.º Ciclo)

Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Doutoramento em Informática - Novos Media e Sistemas Ubíquos (3.º Ciclo)

Direcção do Curso


Professor Doutor Paulo Mendes


Secretariado


Anabela Moura


Condições de Ingresso


Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de Doutor:


a) Os titulares de grau de mestrado ou equivalente legal;

b) Os titulares de grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pela Comissão Científica do doutoramento;

c) Os detentores de um currículo escolar, científico e profissional que seja reconhecido como atentando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pela Comissão Científica do doutoramento.



Requisitos do Programa de Estudos


Para ingressar no programa doutoral, o candidato tem que satisfazer as condições estipuladas pela legislação nacional, assim como o seguinte conjunto de requisitos:

a) Ter um mestrado ou pos-graduação em informática, engenharia eletrotécnica e computadores, comunicação multimédia, ou qualquer outra área de formação semelhante.

b) Ter uma licenciatura de uma instituição nacional ou internacional reconhecida pela comissão científica do programa doutoral.

c) Ter um curriculum profissional ou científico considerado como relevante para o programa doutoral, pela comissão científica deste programa.

d) Os candidatos devem falar e escrever Inglês fluentemente. O número de candidatos a admitir é de 15.

No caso de não haver um número mínimo de candidatos que justifique a abertura e o funcionamento do NEMPS, poderão ser seleccionados provisoriamente candidatos que cumprem as condições enunciadas, ficando a obtenção do grau de doutor circunscrita à elaboração de uma tese original e especialmente elaborada para este fim, de acordo com a alínea a) do art. 31º do Decreto-Lei 74/2006 de 24 de março, alterado pelo Decreto-Lei no.107/2008, de 2 de junho e pelo Decreto-Lei no 230/2009 de 14 de setembro. Contudo, a admissão e a inscrição em doutoramento, nestas condições, exige a aprovação por parte da Comissão Científica do NEMPS à qual deve ser apresentado um requerimento por escrito do candidato, acompanhado de eventuais pareceres do tutor ou orientador proposto.



Apresentação do Curso


A presença cada vez mais global da Internet enquanto meio de comunicação e de imersão social está a alterar o modo como o dia-a-dia de uma Sociedade de Informação se desenvolve, fornecendo não só uma base sólida para aumentar a interação social, mas também ajudando a disseminar interesses locais, criando assim uma verdadeira aldeia global. Hoje em dia, cada vez mais, se tem uma Internet e serviços, não só focados no utilizador Internet, como também moldados por este. Adicionalmente, a própria Internet, enquanto meio de comunicação, apresenta hoje uma evolução assente na participação do utilizador final. O impacto desta participação resulta de dois princípios fundamentais na área de Tecnologias e Sistemas Informáticos: i) uma rápida evolução de serviços e arquiteturas Internet; ii) uma maior interação e imersão do utilizador enquanto elemento integrante desses mesmos serviços e tecnologias.

É neste contexto que se propõe um programa doutoral que tem como principal objetivo formar indivíduos na área de Ciências Informáticas, de modo a fornecer conhecimento referente aos dois aspetos indicados, através de interligação entre 2 sub-áreas: Novos Media e Sistemas Ubíquos.


Objetivos


O programa doutoral apresenta os seguintes objetivos:

a) Complementar a educação de mestres em ciência e engenharia, fornecendo formação avançada em áreas emergentes de Ciências Informáticas, nomeadamente nas áreas referentes a novos media e a sistemas pervasivos de comunicação.

b) Desenvolvimento de competências em termos de metodologia de investigação, permitindo o desenvolvimento autónomo de atividades que cobrem diversos aspetos do processo de I&D, nomeadamente a seleção e aplicação de técnicas de escrita para a disseminação de resultados de I&D.

c) Fornecer aos participantes uma exata perceção da evolução atual da área de tecnologias computacionais na vertente de sistemas e media pervasivos, assim como das suas implicações para o utilizador final. O programa doutoral envolve docentes da ECATI, a maioria dos quais integra a unidade de investigação SITI, enquanto membros associados, com experiência em áreas como sistemas complexos, ciências computacionais, media digitais, sistemas e tecnologias Internet.


Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir
Os candidatos irão desenvolver competências em três áreas de intervenção, ao longo de 36 meses, estabelecidas de acordo com o European Charter for Researchers and the Code of Good Conduct for the Recruitment of Researchers. Das três áreas de intervenção, duas são mandatórias (área de conhecimento e área de investigação), sendo a área de formação optativa. As três áreas podem ser descritas da seguinte forma:

a) Área de conhecimento: Tem por objetivo apoiar a aquisição de conhecimento em domínios científicos e tecnológicos específicos, sendo fornecida através das aulas e seminários do programa. Os tópicos abordados são agrupados nas duas vertentes principais do programa (Novos Media e Sistema Ubiquos).

b) Área de investigação: Tem por objetivo permitir aos alunos delinear e seguir um plano de estudos de investigação adequado à obtenção do grau de doutor. Esse plano de estudo será executado em ambiente de investigação associado à Unidade de I&D SITI (Sistemas e Tecnologias Informáticas), o que irá permitir aos alunos adquirir competências em contexto de I&D imersivo e real.

c) Área de formação: Tem por objetivo fornecer aos alunos a possibilidade de enfrentarem desafios concretos na aplicação do seu plano de investigação. Este caráter de formação é optativo e a sua validade é analisada pelo orientador do aluno. Em caso de aprovação, deverá ser incluído no plano de investigação do aluno, podendo ser executado, por exemplo, em colaboração com um parceiro industrialou no âmbito de um projeto de investigação nacional ou internacional.


Investigação


A Universidade Lusófona complementa o programa doutoral através da Unidade de InvestigaçãoCOPELABS - Cognition and People-Centric Computing, oferecendo assim aos candidatos a possibilidade de desenvolverem os seus conhecimentos científicos e também as suas capacidades de investigação no contexto de uma equipa internacionalmente reconhecida, com actividades que assentam nas linhas de investigação do programa doutoral. A COPELABS foi formalmente estabelecida como unidade interdisciplinar em Outubro de 2013, resultando da fusão de 2 unidades da unidade de investigação SITILabs (Informática, 2010-2012) e CEPCA (Psicologia, 2008-2012). A COPELABS é reconhecida como unidade de investigação nacional pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, tendo obtido a nota de "Bom" na última avaliação (2013). Em 2015, a COPELABS integrava 29 membros, 18 dos quais doutorados. A COPELABS tem vindo a apoiar vários alunos de doutoramento de diversos programas doutorais (instituição de acolhimento: Universidade Lusófona). Composta por equipa internacional, atrai investigadores de vários países, incluindo Alemanha, França, Brasil, Paquistão, Zâmbia.


Equipamentos e Instalações


O ciclo de estudos irá decorrer no campus da Universidade Lusófona onde se inclui:

a) 2 auditórios para aulas e uma sala de atos;

b) Salas de formação de capacidade média.

c) Espaço para trabalho individual localizado na Unidade de I&D SITI. A unidade detém uma área em open-space onde uma zona é fornecida aos alunos do doutoramento, contemplando uma ilha composta de cadeira, secretária, módulo de gavetas bem como acesso à infraestrutura.

d) Equipamento dedicado a atividades de I&D, incluindo bancadas de teste.

e) Área social partilhada com a unidade de I&D.

f) 1 Espaço dedicado na Biblioteca geral com mais de 4000 títulos de monografias, periódicos especializados e acesso em linha a revistas científicas na área. nomeadamente aos títulos da sage, Intelect e IEEE referentes a esta área de formação;

Através do acesso de rede ULHT os alunos usufruem de acesso online aos repositórios científicos relevantes (ISI Web of Science; IEEExplore; ACM Digital Library) e também dos pacotes de revistas científicas fornecidos pela biblioteca Vítor de Sá. Os alunos terão acesso a software de utilização normal e também acesso a simuladores (Matlab, OMNET++, ns2, ONE


Saídas Profissionais


A área de serviços Internet e em particular novos media associados à Internet, enquanto meio pervasivo, apresenta empregabilidade crescente, sendo também um ambiente suscetível de empreendedorismo e, portanto, de facilitar o desenvolvimento de micro-economia, assente em projetos multidisciplinares. O aumento crescente de serviços como Media sociais e por outro a intrusão crescente ainda da Internet na rotina diária da sociedade apontam para que, a médio-prazo, não haja inversão da atual tendência.


Observações


Salienta-se ainda que o programa NEMPS é disseminado a nível internacional, pelo que é necessário contemplar eventuais atrasos no ingresso dos candidatos, devido a obtenções de visto.

Os candidatos são sujeitos a processo de seriação onde cada elemento da Comissão Científica fornecerá parecer, sendo no final do processo uma cópia da ata de seriação fornecida ao Departamento de Pós-Graduações. As candidaturas estão abertas todo o ano (15 vagas), pelo que todos os potenciais candidatos podem registar o seu interesse no curso de doutoramento e assim receber mais informação.

O registo pode ser feito por intermédio do link "Registe-se" que se encontra ao cimo desta página. O ano académico 2017 - 2018 deve começar em Novembro de 2017 e deve seguir um horário semelhante ao currente ano lectivo. Aos 8 melhores currículos recebidos, serão oferecidas 8 bolsas ULHT para o triénio 2017/2020. Favor consultar o regulamento em: http://www.ulusofona.pt/noticias/bolsas-doutoramento-2017-2020.


Áreas Científicas


Tecnologias e Informática.


Para mais informações, consulte a página do programa doutoral em: http://nemps.ulusofona.pt/pt/ ou envie e-mail para nemps-sec@ulusofona.pt.

Esta escola oferece programas em:
  • Inglês


Última actualização January 26, 2018
Duração e Preço
Este curso é No campus
Start Date
Data inicial
Out. 2018
Duration
Duração
3 anos
Tempo integral
Price
Preço
Grátis
Information
Deadline
Locations
Portugal - Lisboa
Data inicial: Out. 2018
Prazo de inscrição Contactar Escola
Data de conclusão Contactar Escola
Dates
Out. 2018
Portugal - Lisboa
Prazo de inscrição Contactar Escola
Data de conclusão Contactar Escola
Price
As propinas totais 2016/19: € 5813 (em revisão para 2017/2018)